Livraria

Livraria Aillaud e Lellos

Livraria Aillaud e Lellos

Contactos

Telefone:

(+351) 21 342 4450

Morada:

Rua do Carmo 82
1200-094 Lisboa

Ver mapa

Horários:

2ª 6ª

09:00 – 19:00

Sábados

10:00 – 19:00

A Loja

 Na Rua do Carmo, de face voltada a duas lindíssimas Lojas com História – a Luvaria Ulisses e a Joalharia do Carmo – está a livraria Aillaud & Lellos, pacientemente rumando à celebração do seu centenário. Na sua montra há sempre um lugar para os autores nacionais, e uma selecção criteriosa de temas de interesse. A fachada, por sua vez, em mármore de Estremoz, tem motivos esculpidos, simulando a lombada de livros. Tanto a fachada quanto o interior Art Déco são de autoria do Eng. António José Ávila do Amaral, colaborador de Cassiano Branco.

A livraria Aillaud & Lellos é a memória tangível de alguns dos mais importantes momentos da edição em língua portuguesa. É hoje propriedade de José Manuel Lello, neto do fundador. Do lado da família Aillaud, destaque para Júlio Monteiro Aillaud, um luso-francês, que juntamente com o luso-brasileiro Francisco Alves foi responsável pela promoção da literatura lusófona em Portugal, no Brasil e em França.


A Bertrand, outro grupo editorial com grande importância na história da edição nacional, era em 1912 propriedade da firma “Aillaud Bastos & Alves”, chegando mesmo a ser fundada a editora Aillaud-Bertrand, que publicou nomes relevantes no contexto da literatura portuguesa da época: Ferreira de Castro, Aquilino Ribeiro, Raul Brandão, ou o primeiro livro do olissipógrafo Norberto de Araújo, “Miniaturas”, entre muitos outros.
A vida editorial deste início do século girava em torno destas famílias de descendência francesa, a Aillaud e a Bertrand, mas também belga, no caso da Ferin, outra livraria entre as Lojas Com História. No Porto desempenhou um papel determinante a família Lello, que entra na história da actual Aillaud & Lellos nos anos 30. Em 1931 é fundada a sociedade entre as duas famílias livreiras, e abre portas a livraria onde hoje a encontramos.

A sua casa-irmã é hoje um dos emblemas da cidade do Porto, a deslumbrante livraria Lello. A sua congénere alfacinha não conhece a mesma sumptuosidade, mas se o que procura é um atendimento cuidado e uma selecção atenta de livros, a ajuda das funcionárias Isabel (que ali trabalha há quarenta anos) e Teresa (que ali trabalha há vinte e três anos), é um luxo em tudo equivalente àquele que proporciona um edifício monumental. O espaço interior, mesmo que mais modesto que o outro, ainda impressiona nos seus detalhes: a sua organização em torno da coluna central, que é também uma estante, por exemplo. Ou, na outra sala, o vidro fosco gravado e retro-iluminado. Nas estantes não faltam pretextos para se deixar maravilhar, ou não fosse essa a definição obrigatória de uma boa livraria. Vagueie, é a isso que os livros melhor se prestam, mas não deixe de espreitar a edição da casa, o Dicionário Lello Universal.

Livraria Aillaud e Lellos
Livraria Aillaud e Lellos

Produtos
& Serviços

Livraria.

Partilhar esta Loja com História:

Explorar Explorar